Escreva para o Canto

Desprender…

Deixar de  amar, aprender a viver sem ter, ser ou pertencer…

É que no fundo a gente se acostuma com sentimentos, laços, carinhos e abraços…acostuma ou se aprisiona essa é uma duvida que me atormenta…

Gostaria eu de ser indiferente a esses acasos…acaso,te amo ,te quero e te desejo…quase que num desespero…

É o cheiro, o jeito o afago…olhos nos olhos,num embalo sincronizado…

Pensamentos que fogem ao controle  e logo estão longe…devolva-me as rédeas dos meus sentimentos que te deixo ao vento para ir onde quiser…

O beijo tem gosto que adoça, num fechar de olhos se recorda…

Perdoe-me por não ser o que gostaria que eu fosse, por não ser a menina dos teus sonhos e nem tão pouco a mulher dos seus desejos ,me prendi aos seus encantos…

Por ousadia desejei te pertencer estar perto e ser seu bem querer…

Vidas cruzadas ao acaso me enlaçou a você e hoje não sei como me desprender…

O que você achou desse texto?

Clique nas estrelas para classificar

Media de classificações / 5. Quantidade de classificações:

Deixe um comentário

avatar
Fechar Menu
×
×

Carrinho

%d blogueiros gostam disto: