APRESENTANDO A ACADEMIA

logo da academia taguatinguense de letrasA Academia Taguatinguense de Letras, que completou 33 anos no dia 6 de junho de 2019, faz um trabalho de inclusão social e cultural com deficientes visuais, deficientes físicos, mulheres, negros, presidiários, autores marginalizados, minorias, Lgbt, entre outros. Mantém duas bibliotecas especializadas com grande acervo de livros e publicações diversas de autores do DF e entorno e de toda a região Centro-Oeste e outras, do acervo consta uma coleção de mais de 7 mil livros e documentos editados na região, inclusive livros fora do mercado, de autores alternativos e independentes.

Realizamos a oficina de cordel, com 64 encontros e a formação de 600 alunos, onde o aluno aprende a escrever o texto, a fazer a xilogravura e os segredos da impressão do folheto e dos desenhos. Visitamos diversas escolas do DF para realizar palestras e debates com exibição do filme “a peleja do cordel” e divulgação de material didático-pedagógico em textos e imagens. Participarmos de eventos como a Feira do Livro, Bienal e vários eventos culturais com estande, sarau, palestras, rodas de leitura e lançamentos.

Homenageou em 2019, 60 mulheres escritoras, jornalistas, advogadas, lideranças, no Dia Internacional da Mulher com música, poesia, teatro, coral, flores e certificados.

Organizou uma antologia literária com 140 autores do DF, do cerrado e do Planalto Central. Publicou na mesma antologia textos inéditos de Carlos Drummond de Andrade, Mário Quintana, Décio Pignatari, além de correspondência inédita do acadêmico da ABL e maior folclorista brasileiro Luís da Câmara Cascudo, nome mundialmente reconhecido.

Publica o jornal Alternativus já em oitava edição offset, onde divulga a obra de seus autores e de dezenas de autoras. Mantém um pequeno auditório para 60 pessoas. Onde realiza os seus encontros, como o Beco das Letras, já com 12 edições e os projetos Leitura em Movimento, Escritor na Escola e Escola na Academia.

Por tudo isso a nossa academia, ATL, como é conhecida foi reconhecida, como Ong pelo Ministério da Justiça e tombada como Patrimônio Cultural, Material e Imaterial do DF. O Ministério da Cultura em 2018 reconheceu o trabalho desenvolvido pela academia, pelo conjunto da obra, com o Prêmio Nacional de Culturas Populares 2018, dando o título de mestre da cultura ao presidente da ATL, escritor, professor e cordelista Gustavo Dourado, reconhecendo o cordel como Patrimônio Cultural do Brasil. A ATL funciona no Espaço Cultural de Taguatinga, na CNB 1, ao lado da Praça do Relógio.

ESPAÇO CULTURAL

A Academia Taguatinguense de Letras disponibiliza o seu espaço aos estudantes e  professores, em sua sede, que dispõe de algumas salas de leitura e um pequeno auditório para 50 pessoas no Centro de Taguatinga, recentemente reformado e melhorado com a aquisição de 50 cadeiras, ar condicionado e purificador de água.  A A ATL conquistou projeção e foi tombada como Patrimônio Cultural, Material e Imaterial do Distrito Federal, a única do Centro-Oeste a ter esse reconhecimento. Recebeu várias homenagens do Governo do Distrito Federal, da Câmara Legislativa e de outras entidades públicas, sendo reconhecida como a academia mais dinâmica do Planalto Central. Regularizamos o CNPJ junto à Receita Federal e a Inscrição Estadual na Secretaria de Fazenda, 

poeta declama para crianças gustavo dourado cordel canto do escritor brasiliaRealizamos 62 oficinas de cordel, doze eventos intitulados Beco das Letras, além de 65 encontros em escolas públicas e particulares do DF, faculdades, e UnB, dentro do projeto Escritores na Escola e Escola na Academia. Fizemos bom intercâmbio com a Academia Brasileira de Letras, academias de letras dos estados e de cidades importantes. Nosso trabalho de divulgação contínua na mídia, na internet e nas redes sociais tem sido intenso.

Recebemos a visita de estudantes na sede da ATL, no Circuito Feiras do Livros, em vários eventos e em nossos estandes em quatro Bienais do Livro, oito Feiras do Livro de Brasília, quatro feiras do livro da Câmara Legislativa do DF, na feira FLIDF, Feira do Livro da Torre de Tv e em cinco Semanas Nacionais de Ciência e Tecnologia, encontros em várias escolas da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal, na UnB, Católica, UniCeub, Anhanguera, Projeção, Estácio, LS e tantas outras escolas e faculdades.

SEIS ANOS DE TOMBAMENTO

A Academia Taguatinguense de Letras (ATL) é Patrimônio Cultural, Material e Imaterial do Distrito Federal, de acordo com a Lei 5.159, sancionada pelo Governo do Distrito Federal no dia 22 de agosto de 2013 e regulamentada pelo decreto Decreto n° 35.484, de 30 de maio de 2014. A lei foi aprovada de forma unânime pela Câmara Legislativa do DF. Temos que comemorar esse título de reconhecimento à academia, a mais atuante do Distrito Federal. Temos que ter orgulho de nossa instituição, promotora de qualificado e nobre trabalho em prol da educação e da cultura no Distrito Federal.

Nos últimos dois anos, a ATL participou de vários eventos, entre eles a Bienal do Livro de Brasília, a Bienal Internacional de Poesia, Feira do Livro de Brasília, FLIDF e Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, além do projeto Escritores na Escola.
A ATL tem sua sede na CNB 01 AE 01, no Espaço Cultural de Taguatinga, integrado pela Biblioteca Machado de Assis, Teatro da Praça e Biblioteca Braille. Seu acervo é composto por mais de 10 mil livros, a maioria de escritores do Distrito Federal.

JORNAL ALTERNATIVUS

Produzido pela Academia Taguatinguense de Letras, editado por Maria Félix Fontele.

Siga o Jornal Alternativus

NÚMERO 7

Junho/Julho/Agosto 2016

capa do jornal alternativus edicão número 7 academia de letras taguatinga brasília df

NÚMERO 8

Junho/Julho/Agosto 2018

Títulos recebidos pela ALT

  • Patrimônio Cultural, Material e Imaterial do DF, com SEDE Legal na CNB 01 AE Especial-CEMEIT, por força da LEI 5.159/13, com votação unânime da Câmara Legislativa, sancionada pelo Governador Agnelo Queiroz;
  • Tombada juntamente com o complexo cultural - EIT- Por meio do Decreto 35.484 de 30/05/2014, que alterou os 2(dois) anteriores que não a reconhecia como parte integrante do complexo;
  • OSCIP-Organização da Sociedade Civil Pública - cuja finalidade é facilitar o estabelecimento de parcerias e convênios com todos os níveis de governo e órgãos públicos (federal, estadual e municipal);
  • Reconhecimento pelo Ministério da Cultura/Secretaria de Cultura do DF, ABL - Academia Brasileira de Letras e pela União Mundial dos Escritores;
  • Reconhecida e por 3(três) vezes homenageada pela Câmara Legislativa, como entidade cultural e social destaque no DF.

Atividades de grande importância para o DF

  • Aquisição pela Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos da América, de mais de trezentos livros de autores da Academia de Letras de Taguatinga;
  • Possui e mantém na sua sede a Biblioteca Pública “Professor Leão Sombra do Norte Fontes”, importante acervo com mais de 7.000 livros de autores e escritores do Planalto Central. O maior conjunto de obras de escritores e documentos históricos dos fundadores e pioneiros do DF.
  • Luta pela regulamentação da profissão de escritor;
  • Luta pela regulamentação da literatura brasiliense nas escolas;
  • Fórum Mundial dos Direitos Humanos, a convite da Presidência da República;
  • Bienal Brasil do Livro e da Leitura – Organização GDF; 2 anos consecutivos, com estande e palestras e doação de uma grande quantidade de livros e material cultural (folhetos de cordel);
  • Semana Nacional de Ciência e Tecnologia – Organização: Governo Federal (Ministério da Ciência e Tecnologia) e GDF. Com estande, palestras, debates, lançamento de livros, recital poético-musical com poetas da ATL e convidados; doação de livros e material cultural. Gratuito;
  • Atua como Editora com a publicação de livros, documentos, resenhas, antologias, revistas, seletas, periódicos e jornais alternativos;
  • Participação de vários encontros culturais e educacionais com a UnB;
  • Feira do Livro da Câmara Legislativa 2015;
  • Projeto Cultura no Ônibus - Rodoviária do Plano Piloto de Brasília;
  • Lançamento e Recital Poético no Palácio das Esmeraldas - Goiânia;
  • Permanente participação na “Feira do Livro de Brasília”; realizada anualmente com o apoio do GDF, com doação de livros aos estudantes;
  • Intensa e permanente atuação (gratuito), em parceria com a SEE/DF, nas escolas públicas do DF, atuando com o escopo de democratizar e levar a cultura do livro e da leitura aos alunos. Sempre com um grande número de livros doados aos estudantes e bibliotecas públicas e escolares.
  • Participou de Seminário com atuantes em bibliotecas escolares/salas de leitura. Com a doação de centenas de livros para o acervo de SEE/DF.
  • Participação com grande ênfase e estande, na I FLI/DF - Feira Literária do Distrito Federal; com lançamentos de livros, fazendo palestras e distribuindo livros e materiais culturais gratuitamente para os alunos da SEE/DF.
  • Foi defendida a sua permanência e ampliação em sua SEDE legal, por meio de um manifesto assinado por milhares de pessoas, sendo: escritores, professores, produtores, bibliotecários, pesquisadores, diretores de escolas, artistas, cineastas, jornalistas, advogados, deputados, senadores, estudantes, autoridades e formadores de opinião. Documento encaminhado ao GDF/Casa Civil.
  • Participação a convite, na formação da mesa, em evento para assinatura do Termo de Cooperação entre a SEE/DF e a Defensoria Pública da União.
  • Participação com louvor no encontro organizado pela Coordenadoria de Articulação e Participação Social/SEGOV/GDF, com o Governador do DF;
  • Participação na I Feira do Livro da Câmara Legislativa do Distrito Federal;
  • Doação de 500 livros para a FUNAP-DF -Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso;

Outras atividades desenvolvidas e/ou realizadas pela ALT

  • Participação em eventos culturais realizados pela RAIII (Sexta Cultural e outros);
  • Concurso literário de redação para estudantes, professores e servidores da Educação;
  • Desenvolvimento de projetos culturais e sociais Ex: Tokatta musical;
  • Estande do cordel nas escolas do DF;
  • Sarau literário nas escolas e foyer do Teatro da Praça;
  • Poesia nos parques do DF;
  • Comemoração de datas cívicas importantes, no calendário escolar;
  • Pesquisa e resgate da história do DF e de Taguatinga junto à comunidade escolar;
  • Parceria nos eventos da Biblioteca Braille “Dorina Nowill”;
  • Fórum Permanente de Escritores aberto à comunidade escolar;
  • Organização e incentivo à criação de pontos de leitura;
  • Seminário literário para divulgação dos grandes nomes da literatura brasileira;
  • Criação de clubes de leitura;
  • Academia Estudantil de Letras para incentivo à leitura e criação literária;
  • Criação de cineclube, Biblioteca de Cordel, Sala de memória etc.), em sua SEDE no Espaço Cultural CEMEIT, para atender aos alunos da SEE/DF
  • Participação no “Grupo da Memória da Educação do DF-UnB/SEE/DF”.

ENDEREÇO E CONTATO

CNB 01 AE 01
Espaço Cultural de Taguatinga (ao lado da Praça do Relógio)
Distrito Federal

(61) 3201-1745 | 99328-1839

GALERIA DE FOTOS

Fechar Menu
×
×

Carrinho